Casa da Tuka
 

3 de fev de 2006

Porque eu e o Carnaval não somos compatíveis

Não gosto de Carnaval. Não adianta tentar me convencer, muitos já tentaram em vão. Não gosto do clima de abdução que os brasileiros ficam quando chega essa época. Parece que nada mais importa a não ser decidir pra onde ir nesses dias.

A pergunta freqüente: “E aí, pra onde vai no Carnaval?”. Gente, eu não vou pra lugar algum. Não vou pra praia nenhuma – todas estarão insuportavelmente lotadas com os carros estacionados com os capôs abertos tocando o funk da moda. Ou com muita sorte também uns axés. Também não vou pra nenhum retiro espiritual em montanhas ou desertos pra morrer de tédio tentando sem sucesso descobrir minha missão no mundo.

Vejam, eu bem que tentei fazer parte dessa histeria coletiva. Tentei usar a tática otimista: “Tuka, essa é a época em que o nosso país mais ganha dinheiro com turismo, nosso PIB cresce”... Mas desandou em : “Nossas crianças são prostituídas pelos gringos, a fama de país de peito e bunda se difunde”...

Sabem uma vez passei o Carnaval na Bahia! Ninguém pode dizer que não tentei! Fui lá no meio do trio elétrico e praticamente tive uma experiência de quase morte em que me vi como se estivesse fora de meu corpo. Foi o aconteceu, juro! Eu lá no meio das pessoas frenéticas dançando a Dança da Manivela e me vi do alto me perguntando: “menina o que raios você está fazendo aí? Você não tem mais o que fazer?”. Fora que já estava tremendamente irritada com toda aquela gente suada se esfregando em mim – e se existe algo que me deixa irritada e ainda mais chata do que já sou é estar perto de pessoas suando como porcos. Argh.

Teve também uma vez em que fui parar em uma prainha da moda. Todos empolgadíssimos aguardavam ansiosos o início do show do... tenho até vergonha... do... É o Tchan. Pronto, falei. Eis que depois de uma eternidade assistindo a apresentação de um grupo de lamba-aeróbica que ensinava ao público todos os passinhos das danças: da bundinha, da periquita, da perninha, do bracinho, do dedo mindinho e do pezinho esquerdo, surgem no palco Sheila Carvalho, Carla Perez, Jacaré e Cumpadi Uóxinton (que com certeza deve se escrever assim).

As pessoas entraram êxtase! Eu? Eu, caros, que estava ali para acompanhar uma amiga que acabava de levar um pé na bunda homérico, sentei em um canto e vomitei. Verdade. Como pouca desgraça sempre é bobagem, comi um espetinho de camarão que foi o responsável por um incrível revertério. Eu ouvia Cumpadi cantar de longe com toda aquela voz fenomenal e vomitava. Sheila e Carlinha dançavam e se rebolavam e eu vomitava. Jacaré requebrava até o chão e eu vomitava...

Sabem, teve um lado bom: depois de apenas meia hora e quando eu já via biles saindo de meu estômago, me levaram embora. Soube depois que o show durou mais umas 3 horas. Até hoje tenho fama de estraga festa, mas fazer o quê?

Portanto, que ninguém me venha com a máxima de que o Carnaval é legal. Carnaval é coisa do capeta. Eu vou ficar em casa, aproveitar São Paulo vazia, ver todos os filmes em cartaz, treinar e aprimorar novas posições sexuais com meu marido e assistir feliz pela televisão o congestionamento de volta pra casa que todo ano parece aumentar.

Marcadores:


Postado por Tuka *
Comments:
Eu gosto é de feriado!!!!!!!!
Pode ser dia da "piroroca preta", que tá valendo!!!
Bjo, querida!
 
Tuka, também odeeeeio Carnaval e acho toda essa insanidade dispensável! E nos dias de folia, fico bem escondidinha, longe do barulho e dos loucos à solta nas ruas...

bjos! Bom fim de semana pra vc! :-)
 
Oh God... eu tb não gosto. Axé, funk e rituais parecidos, suor, fedor, amontoados. Ah, preguiça, muita preguiça de tudo isso!
Eu só quero assistir ao filme Memórias de uma Gueixa... ai ai...
Bitoca de paçoca!
 
O feriado é que vale a pena :)
 
Ah, concordo plenamente com vc. Odeio suor, calor, corpos desconhecidos ao meu lado. E essas musiquinhas...Argh! Enchem o saco de qualquer um! Beijos e bom "carnaval"
 
Essa das posicões sexuais é uma boa pedida...Acho que vou te imitar!!!
Beijocas e boa semana
 
huáhuáhuá!!!
perfeito! opinião perfeitíssima!!!
quem inventou a porcaria do carnaval??? nunk gostei (mas confesso q tb tentei um show do "é o tchan ¬¬) dakele suor, gritos, exageros.. uma felicidade fingida, pra depois ir passar fome e morrar de baixo da ponte de novo... às vezes acho meu país superficial d+... pq samba e futebol com ctza naum nos torna um país desenvolvido...
P.S.: tb prefiro testar novas posições..=*
 
Ai... também sou da trupe que odeia o carnaval com todas as forças...
Odeio a programação da tv, também, diga-se de passagem...odeio a sensação de pessoas suadas esfregando a bunda em mim...odeio axé... só não odeio não ter que ir trabalhar. Taí a parte "razoável" da coisa toda!
 
Ah! Em tempo:
Essa "modernura" de moderação de comentários é o que há! Chique mesmo...
 
eu mudaria seu úlltimo parágrafo... aí ficaria assim":

"Carnaval é legal porque eu vou ficar em casa, aproveitar São Paulo vazia, ver todos os filmes em cartaz, treinar e aprimorar novas posições sexuais com meu marido e assistir feliz pela televisão o congestionamento de volta pra casa que todo ano parece aumentar. "

quer mais legal que isso?!?!
 
Tuka...amei essa....kkkkk..precisa ler isso num dia de "nuvem negra" passando por aqui!!! Te perdi e te achei vou atualizar meu blog e por teu link la!!! pois e um big prazer te visitar!!! beijos...Acho que eu to mais pra "Uanessa" ou fui pelo menos do que Sandy's..kkk
 
Para alguma coisa serviu o tal espetinho de camarão envenenado... rs
Ao menos vc conseguiu se livrar do grupinho rebolativo!

E olha... eu também abomino Carnaval. Nem pela televisão dá para ver as manifestações populares desta época...

Beijinho, Tuka! :-)
 
Eu gosto de ensaios de escola de samba, de micaretas e de viajar no Carnaval. rs
 
Hahahahaha!
Faço minhas as suas palavras!!!!
Hahahahaha!!! O que esse povo tem na cabeça, hein?
A diferença é que diferentemente de você eu nem tentei!! Hahahaha!!! Todas as situações eu já imaginava mesmo sem vivenciá-las!
Deeeeeeeus me livre. Em Recife eu já ficava presa em casa mesmo, sem por o nariz fora de casa. Jamais iria pra Salvador no carnaval, e nenhuma praia da moda.
Vou ficar no Rio de Janeiro mesmo e pôr a minha lista de filmes em dia!
 
Onde foi que vc comprou esses espetinhos?! Quero comprar um quilo deles nesse carnaval!
 
Ja tentou o sambódromo? É legal...
 
oi
 
Postar um comentário



<< Home

Leia antes de usar
Desde 15 de janeiro de 2002 uma jornalista nonsense escreve desembestada no blog que chama carinhosamente de sua Casa.

Aqui têm besteiras demais, coisas inúteis demais, enfim, tudo o que nem precisava ser dito, muito menos escrito.

Obviamente, qualquer semelhança com a realidade é única e exclusivamente uma opção da autora.

Assim como o direito de escrever
o que bem entender, claro!


Uma campanha Casa da Tuka contra o plágio
Divulgue em seu Blog:




O Avesso dos ponteiros

Livro de cabeceira
Aparentemente é Isso Mesmo
Uma Brasileira
Heart's Place
Blog by Dani
A prateleira
Desiderata
Blônicas
Observados

Casa no Orkut


My Unkymood Punkymood (Unkymoods)



Procure aqui

powered by FreeFind


Ouvidos




website hit counter

tracker

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

Get your own free Blogoversary button!
. . .

Design By:
Lin Diniz
Powered By:
Fernando Boniotti